Não sou jornalista. Sou, apenas, um cidadão comum exercendo seu direito de livre pensamento e expressão. "A César o que é de César"!
Sugestões para assuntos e opiniões serão bem-vindas. Enviem por e-mail: professorbochini@gmail.com

sábado, 23 de junho de 2012

Piada de Sexta-feira

‘Quem decide vice é o candidato’, diz Haddad em SP
Do mesmo jeito que decidiu pela Erundina e, logo depois, foi se "acochambrar" com o Maluf, né?! Então, foi de propósito? Aí, quem não reza pela cartlha do Ex-semper não se candidata nem a porteiro de sindicato.

Quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá, quá!!!!!!!!!!

AQUI, PT
NUNCA MAIS!!!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Rio+20: afinal, que brincadeira é essa?

Atenção; pose para a foto oficial... Digam "xiiiis"! Depois, podem sair às compras!

A Rio+20 vai-se encaminhando para o final, com as mais acirradas conversações e o que ficou resolvido no novo "pacote" mundial dos donos da terrinha?
Nada! E por quê?
Porque ninguém, jamais, pretendeu que o homem deixasse de servir ao homem. Sempre haverá de ter o pobre para que o rico viva. O máximo que o servo pode pretender é a sobrevivência.

Enquanto miséria, moléstias e fome vão dizimando civilizações inteiras, milionários continuam financiando guerras civis para retirar mais e mais riquezas minerais e aumentarem suas fortunas.
 
Para esses senhores da virtude lautos e faustos banquetes, pois sua vinda ao Rio tem uma razão bastante divulgada nos meios políticos internacionais: churrasco a rodísio!
Ah, é, também, deles a invenção de que "por um punhado de dólares a mais" o cidadão passa para a "classe média" e, consequentemente, paga outra alíquota de imposto. Isso é uma maravilha ou não é?
 
Aqui, faltam "recursos" para a Educação, Saúde, mas...
Para o empréstimo a países endividados do bloco do Euro, saem trilhões! Que matemática mágica é essa?
Com a desigualdade social que aumenta em progressão espacial ou sideral, como podem ter a audácia de falar em economia sustentável, controle ambiental, código florestal?
Vão plantar batatas e dar mais pão e oportunidades ao seu povo, seus demagogos hipócritas!!!
Se vocês inventaram este plano, realizem-no ou passarão para a história como os que vocês tanto criticam hoje!!!
Por enquanto, faz-me rir, quá, quá, quá, quá, quá!!!

terça-feira, 19 de junho de 2012

Ficou pior a emenda que o soneto!

Da. Erundina, com aquela cara de "cachorro que caiu do caminhão de mudança", desiste de se candidatar à vice prefeita na chapa de Haddad, por causa de Maluf, mas reitera seu apoio à candidatura, mesmo com a coligação PT-PP!!!
Que incoerência, sô!!! "Vacilona"!!!

Como foi que a Senhora falou, mesmo, Da. Erundina?

Ah, no "palanque" com Haddad ela disse assim:

"Quem não tiver paixão pela política, não entre na política!"

Aceitou ser candidata a vice prefeita na chapa do PT; Haddad subiu nas pesquisas de intenção, porque ela puxa votos, mesmo, e...

Lá foi o Lullinha receber a simpatia e o apoio do PP do Sr. Paulo Salim Maluf, que já não se elege nem para síndico de sua própria casa, na campanha "limpa" do PT e seus aliados, à Prefeitura de São Paulo.

Parabéns, Da. Erundina! A senhora é, sem a menor sombra de dúvida, a maior "inocente" (será?...) útil da política brasileira.

Quanto aos outros 3, não haveria de se esperar nada diferente. Nós conhecemos os senhores muito bem!

Agora, quem for capaz, que vote neles!!!

domingo, 17 de junho de 2012

Candidatos de "mãos sujas" NÃO!

Que se apresente aquele que não tem o rabo preso a nenhuma sujeira ou escândalo, senão...

quinta-feira, 14 de junho de 2012

"Tá tudo azul, na América do Sul!"

Fregueses de restaurantes sofrem arrastão; condomínios são assaltados;

Caixas automáticos de bancos explodidos e saqueados;

Tarifas bancárias abusivas, por causa da queda dos juros;

Esquartejamento de marido por ciúme;

Políticos continuam roubando por todo lado;

Educação e Saúde pedem socorro;

 

 






Impostos diminuem a renda do trabalhador e não são devolvidos em programas sociais como deveriam;

O feijão a, quase, 10 reais o quilo;

A Copa do Mundo é um cassino (2 anos de jogatina de dinheiro no bolso dos mesmos e 1 mês de futebol);

CPMI do Cachoeira sem pulso nem vontade política;

Mensalão na iminência do decurso;

Atleta e esposa em sequestro relâmpago;

Somos induzidos a um consumo compulsivo ou desnecessário.

Melhorou o quê?


Que país é este?

Hoje é Dia Mundial do Doador de Sangue

Vamos doar sempre!

Um dia, todo mundo pode precisar!

domingo, 3 de junho de 2012

Humor "trash" virou "trendy" na TV Tupy-nikin!

Lucélia Santos se divertindo no "Agora é que arde"
Já que agora, na Terra Platanus Brasiliensis, o que faz sucesso na mídia é peito e bunda (preferências nacionais), o negócio foi explorar outro lixo, digo, nicho: humor apelativo de palavrório chulo e de personagens anti-heróis.
Foi uma brilhante sacada de produção televisiva essa de apostar no "quanto pior, melhor", mesmo porque os políticos dessa terrinha de meu Deus acostumaram o povo dessa forma e fica mais palatável o Português de ponta de rua aos universitários que não sabem escrever o "O" nem com o copo, pois disseram pros pais deles que Educação era para todos (só não lhes explicaram que instrução não era). Um bom exemplo é o programa do Danilo Gentili, pela Band, que de bobos não têm nada. O formato consagrado de "talk show", com o entrevistador à direita do vídeo, na sua bancada e o entrevistado, confortavelmente, sentado à esquerda. A versão, porém, investe na figura vulgar ou grotesca do anfitrião.
O entrevistador tem cara de babaca, faz perguntas babacas, piadas babacas, o que deixa o convidado bastante descontraído e com a nítida impressão de que não sabe o que foi fazer lá. Foi tudo uma grande gozação!
E o público? Aplaude, ora! Quer melhor? Faça você!
As "celebridades" vazias são o prato cheio para o Pânico; os "Manés" são o alvo ideal dos "Cassetas"; políticos imbecis dão a pauta, o texto e o roteiro, gratuitamente, ao CQC. O "material de trabalho" para esses programas fica mais farto a cada semana. Encontraram mais uma forma genial de ganhar dinheiro com um trabalho prazeroso.
Enquanto isso, rimos da própria desgraça e não nos damos conta do reflexo que tudo terá no futuro. Somos tão minimalistas que muitos dizem por aí: "Nem sei se estarei vivo amanhã. De que adianta ir contra a corrente?" Até nessa hora são comodistas e convenientes!
Então, é melhor fecharmos todas as portas e janelas, escondidos na nossa covardia.
Mesmo ciente da morte que se avizinha, minha consciência, meus dedos e meu teclado são as armas que disponho nesta guerra contra a ignorância idiótica!

AGORA é tarde; não adianta querer alcançar o tempo perdido. Como tanto a Piaf cantou: "Eu recomeço do zero!"